Quais os efeitos da música em seu ambiente de trabalho?

Smartphone utilizado para audição de música no ambiente de trabalho.
Música no ambiente de trabalho

A música no ambiente de trabalho pode ser considerado um método para aumentar o foco e a concentração ou apenas uma desculpa para procrastinar diante das tantas obrigações presentes?

Muitos se questionam os reais efeitos da música no ambiente de trabalho. Se realmente ajuda ou acaba por influenciar negativamente nas atividades.

Nesse texto você saberá quais os efeitos da música sobre o trabalho e sua necessidade. Também verá como se ajustar aos possíveis conflitos com colegas de trabalho.

Melhora na produtividade

Nossa famosa amiga: a dopamina

Segundo estudo realizado pela Universidade McGill, a dopamina, um dos neurotransmissores responsáveis pela sensação de prazer (o hormônio da felicidade), é liberada pelo organismo quando ouvimos as músicas que gostamos, nos motivando muitas vezes para alguma tarefa.

É certo dizer que, a mesma sensação que temos quando apaixonados, é causada pela música que apreciamos.

Um momento de relax em meio a agitação

Ainda segundo a Universidade McGill, a região do cérebro que processa a linguagem, o estímulo do córtex motor e as memórias do hipocampo, são ativados por letras de canções.

Juntas, essas reações nos levam a acompanhar o andamento da canção.

Também nos ajuda a tirar um problema, que esteja nos influenciando, do foco de nossos pensamentos.

Alta criatividade

Também por conta da dopamina, que nos relaxa e motiva, o potencial de criatividade tende a aumentar.

Uma pesquisa publicada pela revista científica Plos One constatou este efeito sobre as pessoas.

Maior agilidade

A agência de marketing WebpageFX, a partir de alguns estudos, criou um infográfico, o  Whistle while you work: Impact of music on productivit, onde afirma, segundo pesquisas, que 90% das pessoas melhoram seu desempenho em tarefas sob a influência de música.

Ainda de acordo com esses estudos, a produção de resultados foi mais precisa em 88% das pessoas que ouviram música.

O som certo para a atividade certa

É preciso ter em conta que não será qualquer música que conduzirá ao milagre da melhora na produtividade.

Segundo pesquisa da Mindlab Internacional, de 2014, publicada pela PRS for Music, foram tiradas as seguintes conclusões:

  • Sob influência de música dançante, a velocidade de revisão aumenta em 20%.
  • Sob a influência de música ambiente, a inserção de dados pelas pessoas melhora seu nível em 92%.
  • 12% das pessoas, de modo geral, se tornam mais precisas sob a influência de música clássica.
  • Redução de erros em 14% e 58% mais de rapidez em suas atividades se a escolha for pela música pop.

Maior concentração com aquilo que já se conhece

Buscar concentração é, talvez, uma das maiores dificuldades humanas. Contando com a música, dê preferência às que você já conheça.

Ainda segundo o estudo da Universidade McGill, ao ouvir uma música pela primeira vez, a liberação de dopamina em nosso organismo atinge um nível muito alto, o que fará com que fiquemos eufóricos.

Essa euforia agirá contra o nosso objetivo de alta concentração. É recomendado, por especialistas, que músicas extremamente conhecidas por nós ou instrumentais sejam as escolhidas para potencializar o nosso foco.

Criatividade viajando em outro mundo

Embora existam aqueles que afirmam não conseguir se concentrar com música no ambiente, é possível achar um som capaz de auxiliá-los.

A revista JSTOR, em um de seus estudos publicados, constatou que o estímulo perfeito para aflorar a criatividade, seria o som ambiente de uma cafeteria. Isso porque este som é uma mistura de calma e agitação.

Influência no comportamento

Segundo a universidade canadense, a frequência de nossas ondas cerebrais tendem a acompanhar o andamento rítmico das canções que ouvimos.

Músicas agitadas, maior agitação no comportamento. Músicas mais tranquilas, maior tranquilidade no comportamento.

Aqui cabe salientar que você precisará testar suas reações diante das músicas escolhidas e perceber qual a melhor pedida para atividade que estiver realizando.

A turma do contra

Apesar de estudos científicos apontarem os efeitos positivos sob o seu trabalho, sempre haverá aquela turma que se posicionará contra, principalmente se for o som ambiente.

É sabido que muitos profissionais precisam do silêncio para realização de suas atividades, principalmente gestores. Mas para este problema, uma solução é a utilização de fones de ouvidos.

Citamos que a música ambiente é importante para criatividade, mas a utilização de fones de ouvido não será prejudicial.

A individualização do ambiente sonoro pode fazer com que as possíveis tensões entre os colegas de trabalho sejam minimizadas, permitindo que cada profissional tenha o seu melhor desempenho.

Seja qual for a maneira escolhida para disseminar a música no ambiente de trabalho, sempre será necessário levar em consideração a opinião de todos os envolvidos, buscando uma forma que se adeque a necessidade de todos.

Afinal o objetivo é a melhora na performance do profissional e não sua deterioração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *